O coordenador de Atenção a Saúde, Gedson Santos, falou da importância da Campanha do Setembro Amarelo para Caicó, já que apresenta alto número de casos de suicídio . Em entrevista ao Panorama 95, Gedson enfatizou o empenho da gestão municipal em não deixar passar em branco uma campanha tão importante de valorização a vida.

Com palestras, mesas redondas e outras atividades, a programação foi elaborada para o mês inteiro. Com o Setembro Amarelo, a ideia é promover eventos que abram espaço para debates sobre suicídio, além de divulgar o tema e alertar a população sobre a importância de sua discussão.

Um dos pontos positivos para sair dos pensamentos suicidas relatados pelo profissional foi a questão dos vínculos protetores através da família, amigos, religião, dentre outros laços dão o sentimento de esperança a quem sofre do mal.

“Tem sido um mal silencioso, pois as pessoas fogem do assunto e, por medo ou desconhecimento, não veem os sinais de que uma pessoa próxima está com ideias suicidas. A esperança é o fato de que, segundo a Organização Mundial da Saúde, nove em cada dez casos poderiam ser prevenidos. É necessário a pessoa buscar ajuda e atenção de quem está à sua volta", destacou o coordenador de Atenção a Saúde.

Confira mais detalhes da entrevista no vídeo abaixo: