Em entrevista ao Jornal da Cidade nesta segunda-feira (17) o juiz da Vara da Infância e Juventude em Natal, José Dantas alertou para o aumento no número de adolescentes envolvidos em assaltos e homicídios. Os adolescentes quando chegam aos centros de reabilitação é feito todo um trabalho para tentar reinseri-lo na sociedade.

Indagado sobre a abordagem das facções a estes adolescentes, o juiz explicou que eles são "aliciados" dentro do processo de recuperação por adultos que os abordam nas ruas para fazer algum tipo de "trabalho" ao mundo do crime. Sobre a possibilidade dos pais terem uma parcela de culpa neste caminho para o adolescente, José Dantas disse que em parte existe a parcela, mas que esta pode ser revertida com o acompanhamento necessário.

"Com o advento das facções o número aumentou e os dados são preocupantes. Nós estamos atentos a este aumento e dentro dos centros de reabilitação estamos reforçando o trabalho para que este adolescente entenda que este não é o melhor caminho a ser seguido", explicou o juiz José Dantas