A greve por tempo indeterminado dos professores e professoras da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) terá início nesta sexta-feira, 10. Os docentes aprovaram a greve no último dia 31 de outubro.

De acordo com a Associação dos Docentes da UERN (Aduern), a greve representa a indignação da categoria frente ao descaso e desrespeito com que o governo do estado do Rio Grande do Norte tem tratado os servidores públicos e, em especial, os/as professores/as da UERN. Há 20 meses os/as trabalhadores/as do estado vivenciam uma situação de incerteza em relação ao pagamento dos salários e uma condição de precarização do serviço público que afeta grande parte da população do Rio Grande do Norte.