Depois de décadas de vida fácil com juros na estratosfera, os bancos brasileiros se preparam para 1 período duro. A taxa real de 2018 será de 2,6% ao ano (previsão da IFI). A informação é do Portal Poder 360 que ainda que é 1 percentual ainda alto para padrões internacionais, mas baixíssimo para os níveis históricos brasileiros.

As instituições financeiras vão enfrentar 1 cenário inaudito. Passaram anos emprestando dinheiro ao governo e esperando com tranquilidade os lucros aparecerem ao final de cada período. Agora, esse modelo imbatível e inexistente no restante do planeta pode estar chegando ao final. E apareceu então o temor de que a indústria bancária pode não estar tão sólida como parece.